O tempo do gerente e da equipe

2 comentários
Certamente, você conhece líderes e pessoas que de líderes só têm o título. Analisando um pouco mais, você pode perceber que não existe, necessariamente, uma correlação de tempo com habilidades e performances. Há bastante gente ruim que trabalha muito mais que 12 horas por dia e várias pessoas competentes que conseguem ficar muito tempo longe do escritório, mas continuam produzindo bons resultados.

A natureza do cargo ajuda a explicar isso. Imagine que você é um marceneiro e tem de construir uma mesa. Certo, existem máquinas que podem ajudá-lo, mas, se quiser que o serviço saia perfeito, não poderá construí-la na metade do tempo, porque, provavelmente, ela ficará bamba e terá partes que não foram lixadas adequadamente, entre outros defeitos.

No entanto, você pode demorar o dobro do tempo para construir a mesa, caprichando no torneado das pernas e nos entalhes, usando várias camadas de verniz para realçar a qualidade e o visual da madeira. A relação é direta: pouco tempo, mesa ruim; muito tempo, mesa requintada. Isso não vale para o gerente. Há várias maneiras de atingir uma meta ou um objetivo e muitas formas de mostrar aos outros o que foi conquistado.

Se o tempo não é diretamente ligado à nossa eficiência, como o gerente mostrará seu valor para a diretoria e fará a diferença nos resultados?
Gerentes eficientes sabem como lidar com pessoas para maximizar seus talentos – Quando se trata de pessoas, a única verdade é que não existem verdades que funcionam para todos. Estilos “bonzinho”, “durão”, “paternalista”, “líder moderno” e tantos outros só funcionam com um número de indivíduos por determinada situação. A habilidade de trabalhar e descobrir o melhor de cada pessoa é a arma mais potente do gerente para expandir sua eficiência sem aumentar suas horas de trabalho. No entanto, você não conseguirá isso trancado em seu escritório.
Gerentes eficientes sabem construir uma imagem positiva – Imagem não é só para seu produto, é também para sua equipe e para você. Faça com que as pessoas saibam que seu trabalho e sua equipe têm determinados padrões de qualidade e performance. Assim, todos saberão o que esperar de você e ficará mais fácil perceber sua contribuição para a empresa sem precisar ser o primeiro a chegar e o último a sair. Para isso, tenha regras simples e claras para a sua equipe.
Para conseguir um maior respeito de seu grupo e aumentar sua visibilidade, comece com alguns pontos básicos:
Nunca reclame de uma tarefa que você terá de fazer de qualquer forma. Você pode, depois, apresentar alternativas para que aquele trabalho seja feito de outra maneira. Mas só reclamar é péssimo para a imagem de qualquer um, principalmente de um gerente que deseja erradicar esse hábito de sua equipe.
Assim que terminar uma tarefa ou projeto, entre em contato com sua equipe e pessoas envolvidas no processo para agradecer e ter certeza de que todos saibam que o projeto foi finalizado.
Aceite a natureza e os hábitos de trabalho de pessoas que você não conseguirá mudar.

2 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Blog da União | TNB